Festival do Folclore - Olímpia-SP
Notícias
 
Versão para Impressão - Clique AquiVoltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
Festivais do Folclore foram tema de palestra na Universidade de Maringá - Festival do Folclore - Olímpia-SP
Festivais do Folclore foram tema de palestra na Universidade de Maringá
22/10/2014

A Coordenadora dos Festivais, professora Maria Aparecida de Araújo Manzolli, participou no dia 17 de outubro, do evento Artevindo/Artevendo: Arte-Comunidade, realizado pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura/Diretoria de Cultura da UEM – Universidade Estadual de Maringá. Ela ministrou palestra com o tema “Folclore Brasileiro”.

“Abordei o tema Folclore em sua origem, a diversidade e pluralidade cultural do Brasil, a formação do povo brasileiro, a miscigenação, a aculturação de usos e costumes de índios, brancos e negros, os movimentos de imigrantes e migrantes”, contou a professora.

Ela destacou os Festivais de Olímpia para discorrer sobre o Folclore Brasileiro. “A grande mostra do Brasil são nossos Festivais. Mostrei sua origem e sua caminhada de 50 anos, mas principalmente o que os nossos Festivais representam para a preservação do nosso Folclore e de grupos que ainda não estão extintos por causa do nosso FEFOL”.

Sempre divulgando a cidade de Olímpia, a Coordenadora apresentou todos os eventos que acontecem durante o Festival de Folclore, como minifestival, seminários, peregrinações e a Vila Brasil. Ela também participou da mesa redonda com Rosemeire Odahara Graça - Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná, Doutora em Educação pelo Institute of Education, University of London; Oscar D’Ambrosio - Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp e doutor no Programa de Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie, atualmente é Assessor Chefe junto à Assessoria de Comunicação e Imprensa da Reitoria da Unesp, crítico de arte da ABCA - Associação Brasileira de Críticos de Arte e da AICA - Associação Internacional de Críticos de Arte - Seção Brasil; e Pedro Ochoa, ator, diretor e professor de artes cênicas, mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá.

“O evento foi de muita importância, veio reforçar o trabalho que iniciamos este ano nos Seminários de Estudos durante o 50º FEFOL, quando professores da UNICAMP, da PUC – Campinas e da Federal de São João del Rei, discutiram o nosso Festival. Estamos retomando discussões e participações com estas Universidades e contatando outras, para trazermos para o nosso Festival mais este segmento”, finalizou a Coordenadora.

Mais Notícias
25/03/2017 :
Primeira Reunião Efetiva para Realização do 53º FESTIVAL DO FOLCLORE
16/08/2016 :
Festival do Folclore encerra 52ª edição anunciando homenageado de 2017
04/08/2016 :
52º Festival do Folclore será transmitido AO VIVO pela internet
03/08/2016 :
Minifestival receberá grupos e escolas durante o dia no 52º FEFOL
15/07/2016 :
Vila Brasil mantém programação com violeiros e quitutes do Fundo Social
Outras Notícias 

 

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça