Festival do Folclore - Olímpia-SP
Notícias
 
Versão para Impressão - Clique AquiVoltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
Shows de Renato Teixeira e Almir Sater foram as novidades do Fefol - Festival do Folclore - Olímpia-SP
Shows de Renato Teixeira e Almir Sater foram as novidades do Fefol
19/08/2014

O 50º Festival do Folclore, que aconteceu entre os dias 9 e 17 de agosto, trouxe duas novidades. Neste ano, foram realizados dois shows com cantores de renome na música raiz, Renato Teixeira, que cantou na abertura da festa, dia 9, e Almir Sater, que subiu ao palco no dia 15 de agosto. Os shows foram um presente da Comissão Organizadora e da Prefeitura de Olímpia para os olimpienses e visitantes do festival.

O primeiro show da semana foi com o cantor Renato Teixeira. O violeiro, com músicas de origens caipiras, disse da importância do Festival do Folclore de Olímpia. “É muito importante as tradições populares, é o espírito de uma sociedade que vai pegando cidade por cidade. Isso que Olímpia faz personaliza muito a cidade, caracteriza a cidade diante do país todo e o Brasil precisa de coisas assim nesse momento que a gente vive, que é um momento tão complicado, a gente está tão solto, as coisas estão tão complicadas pro nosso lado no aspecto cultural que essas festas acabam se transformando numa coisa essencial, numa referência fundamental para essas gerações que estão ai e para própria cultura do povo brasileiro”.

O cantor Almir Sater encantou ao público na sexta-feira, dia 15 de agosto. “É uma honra participar, eu como violeiro, de uma festa do folclore. São músicas que são nossas raízes, é o começo de tudo, eu me sinto muito honrado. As pessoas que continuam com essa maravilhosa festa são guardiões da nossa cultura, são pessoas que nos preservam, merecem todo respeito e todo apoio. O Folclore é a expressão cultural de um povo, das origens da cultura de um povo, são várias definições, só sei que o Folclore é a música é o começo de tudo, é a música que me inspira, não só no folclore brasileiro, mas no folclore de vários países no mundo, são músicas mais simples, são manifestações simples e populares, isso faz parte da minha cultura e da minha música”, concluiu Almir.

Mais Notícias
25/03/2017 :
Primeira Reunião Efetiva para Realização do 53º FESTIVAL DO FOLCLORE
16/08/2016 :
Festival do Folclore encerra 52ª edição anunciando homenageado de 2017
04/08/2016 :
52º Festival do Folclore será transmitido AO VIVO pela internet
03/08/2016 :
Minifestival receberá grupos e escolas durante o dia no 52º FEFOL
15/07/2016 :
Vila Brasil mantém programação com violeiros e quitutes do Fundo Social
Outras Notícias 

 

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça