Festival do Folclore - Olímpia-SP
Notícias
 
Versão para Impressão - Clique AquiVoltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
Escolha da rainha e lançamento do cartaz dão início ao 48º FEFOL - Festival do Folclore - Olímpia-SP
Escolha da rainha e lançamento do cartaz dão início ao 48º FEFOL
02/07/2012

A Comissão Organizadora do Festival Nacional do Folclore realizou o concurso de escolha da rainha do 48º FEFOL. A vencedora foi à aluna Ana Carolina de Souza, da escola Anita Costa, que representou o estado do Pará. Durante o evento, realizado na Casa de Cultura, também aconteceu o lançamento oficial do cartaz do 48º FEFOL, o Godap tradicional grupo para folclórico de Olímpia, também marcou presença e apresentou diversas danças gaúchas.

No total, cinco candidatas representando os estados brasileiros participaram da competição, além da vencedora participaram do concurso às alunas Tainá Coutinho Ignácio e Weila Almeida Oliveira da Escola Alzira Tonelli Zaccarelli representando respectivamente os Estados do Amazonas e do Mato Grosso do Sul; Elisa Guimarães Lázari da Eduvale representou o Estado de São Paulo e Camila Sacchetim de Bortoli da Escola Anita Costa representou o Rio Grande do Sul.

Para Gilson Miranda, organizador do concurso, esse é o primeiro passo do festival. “É com muito prazer que faço pelo terceiro ano o concurso da Rainha do FEFOL. Esse é o primeiro passo para o nosso folclore. A gente faz um mês antes o concurso das rainhas e agora a gente já começa os preparativos para o festival. Estou feliz com o concurso. Foi um sucesso”, disse Gilson.

Após as apresentações criativas das candidatas, os membros da Comissão Organizadora do FEFOL realizaram o lançamento oficial do cartaz do 48º Festival do Folclore, que este ano homenageia o estado do Rio Grande do Sul. Os casais e crianças que fazem parte do cartaz são dos grupos CTG Querência do Imbé, de Imbé; CTG Paixão Côrtes, de Caxias do Sul; CTG 20 de Setembro, de Xangrila; CTG Estância da Serra, de Osório e CTG Potreiro Grande, de Tramandaí.

Para Cidinha Manzoli, Coordenadora do Fefol e do Godap, as apresentações foram encantadoras. “A escolha da rainha foi um banho de cultura, trabalho e força. Ver as nossas crianças e jovens dançando o Brasil foi muito lindo, como diria o professor José Sant’anna, um preambulo do festival com muita garra e de maneira extraordinária. São 48 anos de estrada e sinto que o Festival nunca vai morrer. Nós estamos fazendo a nossa parte, mas outros estão vindo. Todos fazem com muito amor e perfeição”, disse Cidinha.

Segundo Paulo Duarte, presidente da Comissão do Folclore, o festival está a todo vapor. “A nossa expectativa é muito grande. a cada ano que passa é um momento novo e por isso a gente fica como se fosse à primeira vez e na realidade a gente vive cada instante dessa festa, então termina uma a gente já engrena para a outra edição”, afirmou o presidente.

O secretário de governo Paulo Marcondes foi um dos jurados. “Mais um evento importante, começando de vez o nosso folclore 2012. Com a escolha da rainha estamos literalmente colocando o folclore em prática. Nós já estávamos trabalhando administrativamente no folclore, mas com o concurso ele começa a se materializar. E daqui em diante Olímpia respira folclore, fazendo jus ao título de Capital Nacional do Folclore”, finalizou o secretário.

Mais Notícias
25/03/2017 :
Primeira Reunião Efetiva para Realização do 53º FESTIVAL DO FOLCLORE
16/08/2016 :
Festival do Folclore encerra 52ª edição anunciando homenageado de 2017
04/08/2016 :
52º Festival do Folclore será transmitido AO VIVO pela internet
03/08/2016 :
Minifestival receberá grupos e escolas durante o dia no 52º FEFOL
15/07/2016 :
Vila Brasil mantém programação com violeiros e quitutes do Fundo Social
Outras Notícias 

 

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça