Festival do Folclore - Olímpia-SP
Notícias
 
Versão para Impressão - Clique AquiVoltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
Ministério do Turismo inclui Fefol nos Eventos Geradores de Fluxo Turístico de 2 - Festival do Folclore - Olímpia-SP
Ministério do Turismo inclui Fefol nos Eventos Geradores de Fluxo Turístico de 2
22/06/2009


É um dos poucos 25 projetos escolhidos em 10 Estados por sua importância e, por isso, receberá como repasse R$ 180 mil...

O 45° Festival Nacional de Folclore (Fefol), de Olímpia, foi incluído pela primeira vez em sua história na Chamada de Projetos de Eventos Geradores de Fluxo Turístico de 2009, através do Ministério do Turismo (Mtur), de Brasília. É um dos poucos 25 projetos escolhidos em 10 Estados por sua importância e, por isso, receberá como repasse R$ 180 mil. De São Paulo, apenas três eventos foram escolhidos: VII Festa Literária Internacional de Paraty – FLIP (Associação Casa Azul), 54ª Festa de Peão de Boiadeiro de Barretos (Barretos) e o Fefol de Olímpia.

O objetivo desta Chamada de Projetos é estabelecer regras e critérios para orientar o processo de seleção de projetos de eventos que efetivamente contribuam para a movimentação de fluxos turísticos regionais, nacionais e internacionais no Brasil e para a propagação da imagem positiva do país, denominados Eventos Geradores de Fluxo de Turistas, para fins de apoio financeiro do Mtur, por meio de convênio. No ano passado, o Mtur beneficiou 99 projetos em todo o País, investindo R$ 15 milhões. O Fefol tinha ficado de fora. Agora, a nova diretoria composta pelo prefeito Geninho Zuliani para o 45° Festival, ficou atenta à movimentação do Mtur e se cadastrou a tempo, sendo contemplada pela primeira vez neste tipo de chamada.

O Ministério do Turismo está com uma nova política de apoio a eventos desde o ano passado. Norteiam a nova política a divisão de eventos em categorias e o estabelecimento de tetos para financiamento. As categorias são as seguintes: Eventos do Turismo; Eventos Geradores de Fluxo Turístico; Eventos Especiais e Eventos Potencializadores. Os novos critérios também estabelecem tetos máximos para financiamento desses eventos, de até R$ 300 mil. Os critérios obedecem ao estabelecido pela portaria 129/2007, assinada pela ministra Marta Suplicy e publicada no Diário Oficial da União de 28 de janeiro.

“Consideramos um avanço importante o estabelecimento desses critérios, que têm um caráter de política pública. Eles são um aperfeiçoamento do que já tínhamos e constituem mais um instrumento de promoção e de fomento do mercado interno, pois beneficiará todas as cidades incluídas no programa de regionalização, além dos eventos que acontecem no período de baixa ocupação turística, o foco do Plano Nacional de Turismo 2007-2010”, afirmou o secretário nacional de Políticas de Turismo, Airton Pereira. “Outro dado importante é que conseguimos estabelecer critérios objetivos para também priorizar eventos que geram fluxo turístico, como carnaval, festas juninas, eventos esportivos e outros afins”, completou.

OLÍMPIA
“Não se trata apenas de conseguir verbas governamentais para o Fefol. Já tínhamos conseguido R$ 100 mil, também com o Ministério do Turismo, mas ficamos atentos para a Chamada e conseguimos, pela primeira vez na história do Festival, incluí-lo entre os grandes eventos gerados de turismo do País, equiparando-o ao lado da Festa de Peão de Barretos, Ocktoberfest, Parintins, entre outros”, disse o prefeito Geninho Zuliani (DEM).

Desde o início da nova gestão, em janeiro deste ano, Geninho já tinha anunciado que faria mudanças estruturais na organização do Fefol, além de reformas e readequações de modernização no Recinto do Folclore, fazendo com que a festa retornasse às origens idealizadas pelo seu criador, o falecido professor e folclorólogo José Sant’anna. A inclusão de Olímpia e de seu Festival de Folclore na Chamada de Eventos Geradores de Fluxo Turístico do Brasil, sendo reconhecido oficialmente pelo Ministério do Turismo, é um fato inédito que, segundo avalia o prefeito, “demonstra que estamos no caminho certo, com esta equipe competente e afinada que integra a comissão que formamos para reconduzirmos o Fefol ao seu verdadeiro caminho de integração cultural”.

O assessor do Ministério do Turismo, Dorvalino Santana Alvarez, da Secretaria de Políticas de Turismo, enviou email ao prefeito Geninho informando-o da inclusão do Fefol na Chamada e também da verba de R$ 180 mil: “Informamos que o evento 45º Festival do Folclore de Olímpia da entidade Prefeitura Municipal de Olímpia, foi contemplado com o valor de R$ 180 mil, na Chamada de Projetos de Eventos Geradores de Fluxo Turístico 01/2009”.

OS ESCOLHIDOS
O Ministério do Turismo escolheu 25 projetos de 10 Estados (BA, CE, GO, MG, MT, PE, RJ, SC, SP), para comporem a Chamada de Projetos de Eventos Geradores de Fluxo Turístico. Veja na tabela os contemplados.


Mais Notícias
25/03/2017 :
Primeira Reunião Efetiva para Realização do 53º FESTIVAL DO FOLCLORE
16/08/2016 :
Festival do Folclore encerra 52ª edição anunciando homenageado de 2017
04/08/2016 :
52º Festival do Folclore será transmitido AO VIVO pela internet
03/08/2016 :
Minifestival receberá grupos e escolas durante o dia no 52º FEFOL
15/07/2016 :
Vila Brasil mantém programação com violeiros e quitutes do Fundo Social
Outras Notícias 

 

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça