Festival do Folclore - Olímpia-SP
Notícias
 
Versão para Impressão - Clique AquiVoltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
Governo Municipal cria Grupo de Trabalho para os Festivais de Folclore - Festival do Folclore - Olímpia-SP
Governo Municipal cria Grupo de Trabalho para os Festivais de Folclore
10/02/2009

O grupo de trabalho para a definição do Fefol para os quatro anos ficou a cargo de Maria Aparecida (Cidinha) de Araújo Manzoli, coordenadora dos Festivais do município....

Um fato ocorrido esta semana será decisivo para o resgate cultural pretendido pela nova administração municipal para o Festival de Folclore de Olímpia. No dia 28 de janeiro, no gabinete do prefeito Geninho Zuliani, foi assinado um decreto que constará na Imprensa Oficial do Município (IOM), criando um grupo de trabalho com vistas ao Fefol, não apenas a 45ª edição de 2009, mas dos quatro anos do atual governo municipal.

O decreto nomeia algumas personalidades representativas do setor de folclore, da prefeitura, do legislativo, da comunidade e dos grupos folclóricos, pedindo como resultado deste grupo de trabalho, assim denominado oficialmente, um plano para os próximos trinta dias, prorrogável se for necessário, cuja missão será a de “recuperar as estruturas que deram origem ao Festival de Folclore, incluindo a sua marca principal que é a valorização e divulgação da cultura tradicional, preservando o patrimônio imaterial”.

O grupo de trabalho para a definição do Fefol para os quatro anos ficou a cargo de Maria Aparecida (Cidinha) de Araújo Manzoli, coordenadora dos Festivais do município. Compõem ainda este grupo: Neide Gomes, representando a Comissão Paulista de Folclore, Toninho Macedo (Abaçaí Cultura e Arte), Rosiane da Silva Nunes (Núcleo de Ação Cultural Vale do Rio Grande), Zuleica Zangilorami (representando a comunidade olimpiense), André Nakamura – representando o gabinete do prefeito, Eliana Bertoncelo Monteiro (representando a Secretaria da Educação) e Natal Viaro, integrante de um grupo folclórico da cidade, representando o “plano imaterial da cultura”. O representante do legislativo será, posteriormente, indicado pela Mesa Diretora.

Durante a assinatura do decreto, o prefeito Geninho Zuliani antecipou uma das novidades para o Recinto do Folclore, resultando na melhoria de qualidade pretendida aos Festivais: a construção do palco oficial na arena.

Outros projetos estão na mira desse plano de trabalho como, por exemplo, a construção dos alojamentos para os grupos, no próprio recinto, e a cobertura total da arena e da arquibancada.

“O Festival de Folclore é a marca cultural de Olímpia, expandida para o resto do País e até do mundo, é também uma importante alavanca para o desenvolvimento do turismo e, sobretudo, o legado que o saudoso professor José Sant’anna, nos deixou. Não podemos deixar morrer, como vinha acontecendo, e nem permitir o seu desvirtuamento”, disse o prefeito.

Geninho deixou claro que o Festival de Folclore terá apenas “eventos genuinamente ligados ao tema, seja de autêntica raiz ou parafolclórico”, e que demais shows que, porventura, possam ser realizados no município e naquele Recinto, “ocorrerão em outras datas, e não em agosto”.

Mais Notícias
25/03/2017 :
Primeira Reunião Efetiva para Realização do 53º FESTIVAL DO FOLCLORE
16/08/2016 :
Festival do Folclore encerra 52ª edição anunciando homenageado de 2017
04/08/2016 :
52º Festival do Folclore será transmitido AO VIVO pela internet
03/08/2016 :
Minifestival receberá grupos e escolas durante o dia no 52º FEFOL
15/07/2016 :
Vila Brasil mantém programação com violeiros e quitutes do Fundo Social
Outras Notícias 

 

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça